QUAL PESSOA VOCÊ SERÁ NO FUTURO?

Com certeza absoluta escolha a letra B! Por mais que as coisas podem não dar certo, fazer tudo que pode, por algo que acredita traz felicidade a vida! E ao doar nosso máximo, dificilmente não haverá sucesso!!! Falar que poderia ter sido ou poderia ter feito é zona de conforto!! Não existe este lugar feliz […]

Gratidão

E 2 anos depois… hoje me lembro com carinho, do pior momento profissional que passei e que serviu para eu me conhecer, saber da minha garra, me reerguer e acreditar que “sozinha” eu posso! Confesso que por algumas vezes perdi a esperança, mas Deus nunca perdeu a fé em mim, Ele me deu forças para […]

Depoimento de uma menina que saiu da depressão

Sobre meu ano de 2017: o ano que realmente me ensinou sobre o valor da família, das verdadeiras amizades,foi um ano bem conturbado,difícil, o ano que eu senti na pele o que e a depressão, um buraco sem fundo,que eu procurava achar o motivo de tanta tristeza,por mtos dias pensei que não teria como sair […]

Pratique o respeito, seja mais tolerante

Eu não concordo com muita coisa e nem por isso saio por aí impondo minhas ideias (que muitas vezes nem devem ser tão boas assim). Não precisamos nos obrigar a “arte”, ideias, ou pensamentos porque outras pessoas gostam, da mesma forma que não podemos impor nossos gostos, ideias e pensamentos a ninguém, não há receita […]

Cura Gay?

Cura Gay? Tenho acompanhado as notícias acerca da tal cura gay e confesso que a revolta em alguns grupos de Whats que participo me chamou atenção para este assunto. Não defendo a opinião dos esquerdistas tampouco a decisão do juiz federal, mas defendo o ser humano, seja qual for sua "orientação sexual". Nesses anos de trabalho com pessoas acompanhei vários tipos de angustias pessoais e existe sim gays (homens e mulheres) que se angustiam com a sexualidade, a questão enquanto psicóloga não é tratar isso como doença mas tratar o ser humano e sua angústia como ser humano, essas pessoas querem apenas entender os sentimentos, como qualquer pessoa, existem muitos pensamentos limitantes quanto a aceitação e assumir-se, envolto ao que os outros vão pensar, a preocupação com a família e a melhor forma de contar, crenças de desamparo... e por aí vai! Acredito que o trabalho da psicologia está muito acima destes preconceitos pois acima da sexualidade existem pessoas, e ver cada indivíduo como "Ser" que pode sim angustiar-se e buscar psicoterapia, como qualquer pessoa da Terra, com respeito ao ser humano que devemos ter! Cura gay não, mas cura das angústias sim!!! Karina Leiko CRP23/626

Diário alimentar – Peso mantido, comendo tudo que gosto!!!

Desafio aceito e cumprido!!! Inclusive fui questionado sobre quanto estava pesando depois desta semana... então eis a prova que comer o necessário não engorda (houve uma pequena oscilação, mas é normal), apesar dos refrigerantes, massas, bolo, algumas jantas... o peso foi mantido!!! Finalizo o processo enfatizando que não quero perder peso, apenas mantê-lo... comendo as coisas que eu gosto... Já tive notícias de pessoas que iniciaram o processo comigo ter perdido 03 quilos só semana passada... parando de beliscar e tentando comer pra se manter... e várias pessoas falando que nunca foi tão fácil fazer uma dieta... obrigada para quem acompanhou e espero ter contribuído de alguma forma na Felicidade de vocês!!! ❤️??

Diário Alimentar – Pensamento magro 7o e ultimo dia da semana

E o último dia do diário chegou... agora entendo porque meus pacientes reclamam tanto de fazê-lo... é bem trabalhosos, mas não vou afrouxar, emagrecer é preciso e o primeiro passo é a disciplina!! Hoje conversando com uma amiga no churrasco ela me relatou a dificuldade de manter o dia sem beliscar, achei bem pertinente este tema, pois é uma dificuldade que trabalho no protocolo de emagrecimento no consultório então resolvi escrever sobre ele. Geennnte!!!! Beliscar é gatilho!!! Um dos vícios alimentares mais difíceis de extinguir ou comportamento mais difícil de se moldar, pois é mantido pelo estímulo da satisfação, mas nada é impossível quando "pensamos" pois "beliscar" é comer sem pensar, agir no automático ou inconsciente mas é comportamento, ação... igual dirigir, guiamos nosso carro sem pensar assim guiamos nosso belisco. A dica hoje é sobre a extinção deste comportamento. A forma mais fácil é quando for "praticar o belisco" tentar trazer esse comportamento a consciência e pensar antes: não vou beliscar agora, vou incluir este belisco na próxima refeição!!! Simples assim... no início não será fácil, mas com um pouco de resistência o comportamento de não querer beliscar torna-se algo "automático" mas a seu favor!!! E extinguindo este comportamento de "beliscar" 30% do seu pensamento já conseguiu emagrecer!! Não adianta comer salada em todas as refeições e beliscar o dia todo!!! Eu já penso magro, mas não é por isso que se ficar com vontade de comer um bis vou fazê-lo sempre... aguardo o próximo horário da próxima refeição, e sinceramente na maior parte das vezes a vontade passa!!! Se quiserem esclarecer ou saber mais, deixe nos comentários ou entrem no meu site: psicologiaemito.com, lá estão salvos todos os artigos deste diário no meu BLOG... podem deixar os comentários lá também... Amanhã finalizei as dicas quando fizer a postagem do peso... Uma maravilhosa e abençoada semana a todos!!! Espero vcs esta semana no consultório e quem está me devendo o diário não esqueçam de trazê-lo!!! Ah, já havia me esquecendo, as pessoas que me pediram para incluir o torresmo, sorvete, pastel e lanche, ainda não esqueci não, vou postar, com muito prazer!!!

Diário alimentar – Pensamento magro 6o dia da semana

Karina Leiko Ontem às 00:07 · Instagram · Fim de semana chegou e sempre aproveito a oportunidade para comer menos, pra mim finais de semana são dias preguiçosos, logo a energia consumida é menor. Mas existe o outro lado dos finais de semana que podem ser uma armadilha, pois acontecem os almoços e jantares, festas e saidinhas, que nos levam a sabotar nossa dieta. Eu não entendo de calorias, mas percebo que quando posso tento diminuir a alimentação (comer o necessário, pois quando tenho poucos afazeres minha fome diminui, perceberam que meu diário hoje estava bem "pobrinho"?) Crenças que devemos comer a mesma quantidade todos os dias nos fazem comer desnecessariamente, comece a perceber que muitas vezes comemos sem vontade, empurramos a comida pra dentro, comidas nem tão gostosas, empurramos apenas para manter a mesma quantidade todos os dias. Hoje no almoço fiz questão de tomar apenas um suco, se fiquei com fome... sim as 15h dai comi novamente, e fiquei com fome de novo depois de 3 horas, dai como novamente... entendeu? A dica de hoje se baseia nas crenças: tente diminuir a quantidade de sua comida e espere ficar com fome, se ficar, coma novamente, até o espaçamento de tempo ir aumentando... habituar a mente a comer menos é a parte mais difícil, existe o "apego" da quantidade... pensar que temos "um tanto" que devemos por no prato. O que sabota nosso peso são os pensamentos sabotadores e boicotadores, esses pensamentos nos levam a alimentação automática, por isso existe o efeito rebote... fazemos uma dieta é conseguimos diminuír o peso, mas nosso pensamento continua "gordo" fazendo com que nosso comportamento alimentar se mantenha e posteriormente o peso volte... Para se manter magro sem sacrifícios é fundamental haver um equilíbrio entre o corpo magro e a mente magra...

Diário alimentar – Pense magro – 5o dia da semana

Os gatilhos alimentares, assunto da 5º postagem, e continuação da ansiedade. Trata-se dos motivos que te induzem a fazer a alimentação desnecessária (comer por satisfação não pra sobreviver). Comer por satisfação é se fazer feliz no ato da alimentação, (comer com os olhos) algo que está com "cara" de gostoso, essa Felicidade é falsa, só permanecerá feliz por alguns minutos enquanto o alimento estiver sendo ingerido depois fica a frustração e a tristeza por ter comido e o peso na consciência e no corpo. Identificar esses gatilhos é um pouco mais complexo mas com algumas técnicas conseguimos achá-los e responder a eles de forma efetiva, até eliminá-los. Os gatilhos mais comuns são comer pra não ficar com fome, comer um docinho pra adoçar o dia, comer porque eu mereço, porque estou de TPM posso comerciam caixa de bombons... e assim por diante! Os gatilhos são os motivos que nos levam a comer, junto com a ansiedade potencializam a necessidade alimentar nos deixando vulneráveis ao ganho de peso desnecessário... A dica de hoje é: Confronte estes gatilhos com respostas reais: não preciso comer uma caixa toda de bombons, não preciso comer doce... vou comer porque eu quero não porque preciso! Você pode comer tudo, mas não precisa!!! Antes de dormir pense que amanhã comerá menos, a hora que acordar pense que hoje comerei menos... até você conseguir chegar ao peso que deseja, dai saberá a quantidade de comida que precisa para manter o corpo que foi emagrecendo aos poucos... Isso é emagrecer de dentro pra fora!!!